Cariacica é a segunda comarca em volume de atendimento da Defensoria Pública, sendo responsável por mais de 6 mil atendimentos mensais, sem contar com as audiências e diligências realizadas no Fórum pelos Defensores Públicos.

“A crescente procura pelos serviços da Defensoria Pública foi o fator motivador da revitalização do Núcleo de Atendimento. Precisamos evitar que o aumento da procura por nossos serviços cause prejuízos à população Cariaciquense. Fizemos a readequação da estrutura para mantermos a qualidade dos atendimentos, com respostas satisfatórias à população hipossuficiente de Cariacica”, destaca a Defensora Pública Geral, Sandra Mara Vianna Fraga.

Ao adequar a estrutura física e o aparelhamento aos novos desafios, a Defensoria Pública coloca à disposição da sociedade Cariaciquense, dentre outras coisas:

– Salas de atendimentos informatizadas e humanizadas com espaços para sessão de conciliação e mediação;

– Auditório com capacidade para 50 pessoas e estrutura adequada para realização de audiências públicas, reuniões e capacitações de membros, servidores e estagiários.

– Copa climatizada, com estrutura adequada ao uso dos servidores, estagiários e dos Defensores Públicos.

– Brinquedoteca para as crianças atendidas nas Defensorias de Infância e Juventude, permitindo o atendimento mais humanizado e acolhedor.

– Informatização de todos os gabinetes com estruturas individuais para agilizar e otimizar os atendimentos.

“Além disso, informatizamos o setor de triagem e atendimento inicial com cadeiras mais confortáveis para os assistidos e espaços ampliados para assegurar a privacidade desde o primeiro momento do atendimento”, destaca o Subdefensor Público-Geral, Fábio Bittencourt.

Os Defensores responsáveis pelos atendimentos iniciais cíveis e triagem ganharam gabinete funcional com ampla visão de toda triagem, permitindo melhor controle do fluxo de atendimento.

dsc_1030Segundo a Defensoria Pública Jamile S. Matos de Menezes, que atua nos atendimentos iniciais do Núcleo de Cariacica, “Essa sala ficou muito boa. Além de ter sido ampliada, agora podemos acompanhar a quantidade de pessoas aguardando atendimento, verificar se houve alteração na triagem, se a emissão de senhas está funcionando, entre outros detalhes”.

Sobre a inclusão de um auditório no projeto de revitalização, o Defensor Público Elias Gemino afirmou ser extremamente útil, principalmente para desenvolvimento de atividades com estagiários. “Poderemos fazer palestras, ministrar cursos, fomentar debates e promover outros encontros a fim de aprimorar o conhecimento e habilidades deles”.

Para os servidores da Defensoria Pública, a revitalização trouxe muitos benefícios, dentre eles uma nova copa que foi ampliada passou a ser climatizada.

dsc_0002Na avaliação de Nalva Rocha, assistida da Defensoria Pública, a mudanças foram evidentes no local: “A gente tem mais aconchego, é confortável. As cadeiras são boas, é um local limpo, tem água gelada e materiais de banheiro. O espaço e o atendimento são muito bons”.

Já o assistido Luís Paulo Azevedo do Nascimento destacou a arte em grafite na entrada do Núcleo: “Essa pintura na parede ficou muito bem-feita e deixou o espaço mais aconchegante, irreverente. Quando cheguei aqui, chamou muita atenção”.

Por Leandro Neves e Raquel de Pinho