O Cine Defensoria em parceria com o CineClube Resistência exibem nesta terça (09), o documentário “Quem Mora Lá?”, produção pernambucana de 2018 que narra a situação de famílias que vivem uma ocupação. A sessão é aberta ao público e será realizada às 14h no Palácio da Cultura Sônia Cabral, localizado no centro de Vitória. O Cine Defensoria é um projeto da Defensoria Pública do Espírito Santo que, por meio da exibição de filmes, busca promover a educação em direitos da sociedade.

O evento contará com a participação do defensor público Vinicius Lamego de Paula, do Núcleo de Defesa Agrária e Moradia (NUDAM). Também estarão presentes o Coletivo Resistência Urbana, formado por membros atuantes de movimentos de luta pela moradia, e o Coletivo BrCidades, compostos por estudantes de Direito e de Arquitetura e Urbanismo.

O filme acompanha a história dos moradores de Pocotó, uma pequena comunidade localizada em Boa Viagem, um bairro de classe média alta de Recife, Pernambuco. Após serem surpreendidas por uma ordem de despejo, as famílias, que viviam no local há mais de quinze anos, decidem participar de uma ocupação urbana para não ficarem sem casa.

O evento tem como objetivo a promoção da reflexão sobre a luta pela moradia, um dos focos da atuação do NUDAM. Após a exibição do filme, será realizada ainda uma roda de conversa com intuito de ouvir os participantes do evento e discutir os assuntos retratados na produção.

Para Lamego, a exibição do documentário é importante para conscientizar a população sobre a situação vivida por famílias que habitam ocupações de grandes centros urbanos. “A ideia é humanizar essas pessoas, mostrar o que de fato acontece com elas e os motivos que as levaram viver em ocupações. Muitas vezes, existe preconceito e julgamentos já que a maioria não conhece e não entende a situação”, explica o Defensor.

Confira o trailer do filme:

https://www.youtube.com/watch?v=q_YzwuQJvA0