Os defensores gerais dos estados – entre os quais o defensor público-geral do Espírito Santo, Gilmar Alves Batista – estiveram reunidos com o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, na última terça-feira (23). Os dirigentes apresentaram um panorama da atuação das Defensorias no Brasil e entregaram o estudo técnico realizado pelo Colégio Nacional dos Defensores Públicos-Gerais (Condege) sobre o Pacote Anticrime, proposto pelo ministro Sérgio Moro.

“São muito importantes os estudos apresentados, pois a Defensoria tem legitimidade para debater o assunto em razão de sua atuação na proteção dos mais vulneráveis. Quando a matéria chegar ao Senado, com certeza, convidaremos as defensoras e defensores para o debater sobre o tema”, afirmou Alcolumbre durante a reunião.

Para o defensor geral, Gilmar Alves Batista, o encontro foi importante para reafirmar a importância da atuação da Defensoria Pública para o equilíbrio social no Brasil. “As Defensoria dos Brasil buscam manter o diálogo constante com os poderes dos estados e da União, neste caso com o Senado Federal, para tratar de temas que são fundamentais para o crescimento institucional e também para a melhor prestação do serviço à população”.