A Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo deu início à preparação do planejamento estratégico institucional. O evento de abertura, realizado no último dia 03 de maio, contou com palestra da filósofa e psicanalista Viviane Mosé. Ela falou sobre a importância da Defensoria Pública dentro do atual contexto nacional.  No dia 04 de maio foi realizado um workshop com os membros da gestão, defensores públicos e o grupo administrativo sob a supervisão do consultor Alberto Farias Gavini Filho.

O defensor público-geral, Gilmar Alves Batista, destacou que a Instituição não pode continuar trabalhando no impulso. “Precisamos traçar os caminhos que a Defensoria Pública vai seguir nos próximos anos. Temos um desafio grande que é cumprir a Emenda Constitucional 80, que prevê um defensor em cada comarca do Estado até 2022. Por isso precisamos estar planejados de forma correta, para cumprirmos nossa missão que é atender à população capixaba”.

whatsapp-image-2019-05-03-at-20-24-24

O governador Renato Casagrande, que também esteve presente ao evento de abertura, parabenizou a Instituição pela iniciativa. “É bom ver a Defensoria Pública fazer o seu planejamento, organizar as ideias e pensar naquilo que pode ser feito. A Defensoria Pública conquistou um espaço importante, deram um passo para autonomia. O nível de responsabilidade é muito grande e gerenciar um orçamento sabendo das nossas necessidades, que são muitas, não é fácil”.

dsc_0072

No segundo dia de trabalho, o deputado federal Ted Conti conversou com o grupo administrativo. Ele ressaltou a importância do planejamento para que a Instituição saiba exatamente onde quer chegar no futuro. Conti reafirmou a importância social da Defensoria Pública para a população do Estado do Espírito Santo

O resultado do trabalho realizando durante o workshop será compilado em um documento feito pelo consultor e entregue ao defensor público-geral.