O ano começou com a posse de dois novos defensores na Defensoria Pública do Espírito Santo. Marina Dallapícola Teixeira Mignoni e Leonardo Andrade Castro de Almeida, aprovados no último concurso, tomaram posse no cargo durante sessão ordinária do Conselho Superior, realizada hoje (07), em Vila Velha.  Além de Marina e Leonardo, outros 19 defensores públicos já haviam tomado posse em 2019.

Para Marina, todo o trabalho e dedicação aos estudos nos últimos anos convergiram para este momento de alegria. A defensora conta que desde pequena foi cercada de ideais de um mundo melhor e mais justo que a trouxeram para o caminho da Defensoria Pública. “Estou de braços e coração aberto para dar o melhor de mim para a Instituição, dando voz àqueles que não tem”.

Leonardo espera empregar todo o conhecimento adquirido ao longo de sua carreira na Bahia, seu estado de origem, a serviço do cidadão capixaba. Para ele é fundamental que o defensor público dê o seu melhor em todas as causas em que atua, sejam elas complexas ou simples, individuais ou coletivas.

Segundo o defensor público-geral do Estado, Gilmar Alves Batista, a carreira é repleta de desafios, mas ao final de cada jornada os defensores adquirem não só experiência jurídica, mas também emocional para lidar com os desafios futuros. “A carreira de defensor público exige, além do conhecimento jurídico, empatia com o próximo, dedicação e, acima de tudo, força para querer mais e ir além”.

Confira as fotos da cerimônia de posse: https://www.flickr.com/photos/defensoriapublicaes/albums/72157712574005528