Em prol da construção de uma nova unidade do Centro de Atendimento Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), em Cariacica, a Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (DPES) participou de audiência pública, conduzida pelo Vereador Professor Wellinghton (Elinho), nesta quinta-feira (29), na Câmara Municipal de Cariacica.

A Defensoria Pública, juntamente com a Secretaria de Saúde de Cariacica e a população, esperam um posicionamento da Procuradoria do Município em relação ao próximo passo do diálogo.

Em 2016 a Defensoria, por meio do Núcleo Especializado de Infância e Juventude, iniciou um Procedimento Administrativo buscando compilar documentos para atender a demanda de pais de crianças e adolescentes que solicitavam um atendimento especializado na saúde de Cariacica.

Segundo o Defensor Público Paulo Antônio Coelho dos Santos, “a Secretaria Municipal de Cariacica reconhece a necessidade da implementação e construção de um diálogo junto a Defensoria para formalizar uma ideia concreta de construção do CAPSi, mesmo sabendo das dificuldades financeiras do município”.

“Ontem em conversa informal com a secretária de saúde, fui informada que na próxima semana estará fazendo o encaminhamento para a Defensoria das propostas de implementação do CAPSi. Estamos ansiosos no aguardo das referidas propostas”, declarou a Defensora Pública Penha Maria de Sá Fernandes, que participou da audiência.

Para ela falta vontade política para a implantação do CAPSi. “Dada a crise financeira que assola o país, os estados e os municípios, o poder público sempre utiliza desse argumento para não implantação. Contudo, a Defensoria Pública em reunião com a secretária de saúde de Cariacica vem tentando dialogar para a implantação do CAPSi, evitando a judicialização”, explica Dra. Penha.

Por Raquel de Pinho

Relembre:

Vereador Elinho conta com auxílio da Defensoria Pública para ter sucesso em Audiência Pública pelo CAPSi

Em audiência pública, DPES e população expõem precariedade de atendimento psicossocial infantojuvenil em Cariacica